LIDERANÇAS DO PARQUE IDEAL (Alvarenguinha), RECEBE ASSESSOR DO PREFEITO ORLANDO MORANDO

         Diferente do que vem acontecendo em quase todas semanas dos nos últimos dois anos, quando saio em visita a alguém da minha amizade, na última semana (dia 11 de janeiro de 2019) foi um tanto diferente. Ao invés de sair eu AMARILDO REIS, em companhia de mais alguns líderes aqui da Comunidade recebemos a visita do assessor do prefeito Orlando Morando o senhor Ivan, aqui em minha residência.

         Ivan compareceu ao local a pedido próprio prefeito, pois no dia 07 de janeiro, eu havia feito uma reclamação com o mesmo em seu WhatsApp sobre o estado de abandono em que se encontra a nossa comunidade, e o bairro do Alvarenguinha de uma forma geral.

EZX phone

      Como se não bastasse tal abandono, agente também não consegui ser atendido nos gabinetes e secretarias da atual gestão. Mesmo que somos recebidos e documentos protocolados, não recebemos mais nenhuma notícia do mesmo. Sabemos que a atual administração realmente recebeu uma prefeitura totalmente endividada, com várias obras começadas, algumas paralisadas pela gestão anterior, mais isto não justifica que o corpo do governo atual fique no anonimato sem dar atenção, pelo menos para dizer se pode ou não fazer alguma coisa. Tenho grande certeza que ao sermos chamados às urnas no ano de 2017, agente compareceu e milhares de nós simpatizados com os projetos do atual gestor, resolvemos dar o nosso aval a ele (Morando).

         Na visita do assessor, a diretoria da Comunidade presente ali, a senhora vice-presidente Irene Barbosa, o tesoureiro Felismino Martins, a jovem moradora Deiziane Costa e o atual presidente Amarildo Reis entregaram ao enviado do executivo uma pauta de reivindicações de problema Sociais a serem resolvidos em caráter de emergência no Parque Ideal e Ideal área II, e muitas outras a serem resolvidas no Alvarenguinha por inteiro. Agora vamos aguardar que essa pauta chegue realmente nas mãos da autoridade maior (Prefeito), ele cumpra com o que disse em seu áudio Zapp.

20190111_180516[1]

 

          Apesar não parecer e mesmo com tantas dificuldades enfrentadas no decorrer de uma história toda frente as batalhas Sociais, lideranças comunitárias veteranas continuam indo a busca tentando trazer melhorias para as localidades sofridas como é o nosso caso.  Mais ocorre que além de enfrentar barreiras em muito departamentos há também as enfrentadas dentro da própria comunidade. A crítica não construtiva, o falar mal do representante pelos comércios e rodinhas, o líder comunitário ou assessor de algum político que quer aparecer é verídico no meio. A falta de apoio e reclamações daqueles que hoje usufruem dos poucos benefícios conquistados por tais veteranos de outrora, é a mais pura realidade. Não dá para entender o como o por que o cidadão não foi comprar sua moradia, no bairro da Assunção, Moema ou Morumbi. Sei que a gente precisa de uma qualidade de vida cada vez melhor. Mais ao invés de vir engrossar o caldo para fortalecer a luta, preferem ficar de ti ti ti, quando aqueles que vai à luta aparece. Poderiam ajudar dialogar quanto com ás políticas públicas, quais os benefícios seriam mais viáveis ser cobrados em primeira mão. Não discutem nem mesmo na hora de exercer o papel de Cidadão quanto ao voto. Há mais de 15 anos não se elege uma galera de corpo e espirito com intuito de cuidar da Cidade como todo. E isto só acontece, por que não há reflexão sobre o assunto.

                                                                                                                                 AMARILDO REIS

Deixe um Comentário